Rota 2030 cresce e chega a 76 empresas habilitadas

09/11/2021

A lista de empresas habilitadas no Rota 2030, política setorial que se tornou lei em 2018, chegou a 76 ao final de outubro. Passaram a integrar o grupo a LIH Participações, a Edscha do Brasil, a TS Tech e a AB Rodofort. Até então, eram 72 empresas habilitadas no programa que rege a indústria automotiva.

A LIH Participações é sediada em Caxias do Sul (RS) e dentre os diversos negócios que mantém no País, em diversos setores, está o controle da fabricante de implementos Guerra, cuja compra foi anunciada em abril e envolveu aporte de R$ 90 milhões.

O grupo de investimentos também é dono de outra nova empresa habilitada no Rota 2030, a AB Rodofort, que também é fabricante de implementos rodoviários e mantém produção em Sumaré (SP). Nesta unidade, inclusive, há planos de se produzir produtos sob a marca Guerra.

A TS Tech, por sua vez, é uma fabricante de estofamentos automotivos de origem japonesa e mantém produção em Leme (SP), atendendo principalmente às demandas da Honda. Passou a operar na região em 1996 e, em 2014, passou a produzir ali componentes para portas de veículos.

Já a Edscha é fabricante de componentes para portas e sistemas de acionamento com produção em Sorocaba (SP). Sua sede global fica em Remscheid, na Alemanha. Há 25 fábricas em 13 países, segundo o website da companhia.

Fonte: Automotive Business